Creatina Glutamina Suplementos

Por que o uso de creatina e glutamina está cada vez mais popular?3 min read

jan 7, 2022 3 min

Por que o uso de creatina e glutamina está cada vez mais popular?3 min read

Reading Time: 3 minutes

Por que o uso da creatina e da glutamina está cada vez mais popular?

O consumo de suplementos como glutamina e creatina tem se tornado cada vez frequente entre atletas e praticantes de musculação. Mas você sabe por que isso tem acontecido? Vamos explicar tudo sobre os benefícios, recomendações e protocolo de uso.

Antes de começar a suplementar, é importante saber quais são suas necessidades nutricionais, qual o seu gasto energético para que você consiga ingerir o suficiente para maximizar o seu rendimento durante uma atividade física.

Afinal, o que é e para que serve a creatina e a glutamina?

Ambas as substâncias têm sido bastante procuradas no mercado de suplementos. A creatina deriva basicamente de três aminoácidos: glicina, meionina e aginina. Eles são produzidos em nossos rins e no fígado, sendo responsáveis diretamente pela nossa energia.

Isso quer dizer que a creatina melhora seu desempenho na execução de exercícios de alta intensidade, ou seja, você será capaz de fazer mais repetições em uma atividade de musculação, por exemplo.

Você consegue consumir creatina por meio do consumo de carne vermelha, peixe e derivados de leite. Todavia, a ingestão por meio de dieta comum nem sempre é suficiente, por isso o indicado, neste caso é recorrer à suplementação.

A glutamina também é um aminoácido que pode ser produzido pelo organismo, mas só é considerado necessário ao corpo em situações específicas, ou seja, catabólicas. Ela melhora o sistema imunológico e gastrointestinal. Por isso é interessante seguir um protocolo diário de consumo dessa substância.

Como fazer o uso correto desses suplementos?

Para conseguir resultados eficazes sem correr o risco de ultrapassar a dose diária, é importante seguir um protocolo de segurança para manter os níveis corretos desses aminoácidos no organismo.

O consumo da creatina pode seguir dois protocolos. O primeiro é dividido em três fases: a primeira que é conhecida como fase de loading, pede que sejam ingeridas 0,3 g para cada quilo de massa corporal. Normalmente são administradas 4 doses por dia durante uma semana.

Já na fase de manutenção, é recomendada a ingestão de 3 a 5 g diários durante 20 dias. Por último, a etapa chamada “wash-out”, cujo período pode ser encarado como uma pausa de 2 semanas sem tomar creatina.

O segundo protocolo e também o mais utilizado, não possui nenhum ciclo. Você simplesmente toma cerca de 5 a 10 g por dia de creatina todos os dias.

No caso da glutamina, não há uma dosagem específica recomendada. Em geral, atletas e praticantes de atividades físicas ingerem uma quantidade de aproximadamente 15g por dia dependendo do objetivo.

Qual a melhor maneira de começar a suplementar?

A forma mais indicada de iniciar um protocolo de suplementação é fazendo um bom acompanhamento profissional. O consumo da creatina e da glutamina será apenas um complemento dos seus nutrientes diários a serem ingeridos na sua dieta.

Fale com um nutricionista especializado no assunto, explique seus objetivos na academia, conte sobre seu treino e sobre suas refeições. Faça uso dos suplementos com segurança e responsabilidade, sempre com a supervisão de um especialista.

Saiba escolher produtos de alta qualidade e confiança

Não se esqueça que a qualidade dos produtos influencia diretamente no rendimento do seu treino e consequentemente, no alcance dos seus resultados.

Acesse o nosso blog diariamente para ficar por dentro de assuntos como saúde, qualidade de vida, esportes e suplementos.

Avatar

O seu endereço de e-mail não será publicado.