Colágeno Suplementos

Colágeno Hidrolisado – O que é, como tomar e quais os benefícios6 min read

jan 6, 2022 4 min

Colágeno Hidrolisado – O que é, como tomar e quais os benefícios6 min read

Reading Time: 4 minutes

O colágeno hidrolisado é um produto cada vez mais procurado por atletas de alta performance e frequentadores de academia. Muito além dos seus efeitos estéticos, esse produto ajuda a recompor o tecido conjuntivo, músculos, cartilagens e articulações, sendo assim um grande aliado para os seus treinos.

Veja abaixo o que é o colágeno hidrolisado e quais são seus benefícios para o corpo humano:

O que é colágeno hidrolisado?

O colágeno é a proteína mais abundante em nosso corpo. No entanto, geralmente a partir dos 30 anos nosso organismo vai perdendo a capacidade de produção natural dessa proteína. E o efeito disso pode ser sentido:

  • Nas articulações e tecidos;
  • Nos ossos, cartilagens e tendões;
  • Nos cabelos, unhas e pele.

Essa desaceleração em produzir colágeno natural interfere na performance de atletas e praticantes de atividades físicas. Com isso, o principal benefício do colágeno hidrolisado é auxiliar na recomposição dessa proteína para manter nosso organismo saudável.

Extraído do osso e da cartilagem de animais, o colágeno hidrolisado se caracteriza como um suplemento ideal para praticantes de atividades físicas, pois fortalece as articulações, ligamentos e tendões.

Outro benefício do colágeno hidrolisado é o auxílio na reconstrução de fibras perdidas em atividades físicas, fortificando cada vez mais os nossos músculos. Ou seja, o colágeno hidrolisado é um produto essencial para quem pratica esporte.

Quais os tipos de colágeno hidrolisado?

O colágeno hidrolisado pode ser encontrado basicamente em dois tipos. Veja abaixo:

Colágeno Tipo 1

O colágeno tipo 1 é o mais conhecido. No processo de fabricação de colágeno hidrolisado tipo 1, a proteína colágeno é extraída do osso e da cartilagem de animais. Sua fabricação é o resultado da quebra de moléculas da proteína colágeno em partículas menores para serem melhor absorvidas pelo nosso organismo.

O colágeno hidrolisado tipo 1 pode ser encontrado em forma de cápsula ou em pó. Em sua composição, podemos encontrar substâncias como Selênio, Zinco e Vitaminas A, C e E.

Em cada dose, a pessoa ingere 9 g de Colágeno. Se for ingerido na forma de pó, o colágeno hidrolisado pode ser diluído em diversas formas como shakes, sucos, vitaminas e em cima de frutas.

Colágeno Tipo 2

O colágeno hidrolisado tipo 2 também é conhecido como não desnaturado. A fabricação dessa proteína se difere por ser um processo não enzimático e realizado em temperaturas baixas. Nesse processo de fabricação, o objetivo é manter a integridade da proteína.

O colágeno tipo 2 é associado diretamente as articulações e cartilagens, sendo bastante recomendado para atletas de alta performance, como corredores e maratonistas. Dessa forma, o colágeno tipo 2 colabora na recomposição do colágeno em nosso organismo.

Além disso, ele ajuda a diminuir a degradação das articulações e auxilia no combate a inflamações que possam surgir por conta dos treinos e atividades físicas.

Uma proteína encontrada no corpo humano e em outros animais e que dá consistência, elasticidade e firmeza à pele, tendões, músculos, cartilagens e outras estruturas. Assim é o colágeno, presente em quase todos os órgãos.

Quer um exemplo? Suas orelhas e seu nariz são maleáveis, graças ao colágeno existente em nosso corpo. A estimativa é que cerca de 25% de toda proteína corporal seja composta por colágeno.

Com o passar dos anos, no entanto, a produção dessa proteína diminui, por causa do envelhecimento natural. Por volta dos 30 anos, por exemplo, há uma perda anual de 1% de colágeno.

É por isso que a suplementação, seja para atletas ou outras pessoas, é importante para repor a proteína no organismo.

Quais os principais benefícios do colágeno?

Engana-se quem pensa que o colágeno age apenas na aparência da pele, porque ele também é essencial para as unhas, os cabelos, as cartilagens e até para aumentar a massa muscular.

Vamos conhecer outros benefícios práticos dessa proteína:

Fornece proteção às articulações

Isso acontece porque ele ajuda no fortalecimento das cartilagens, o que diminui o risco de inflamações nos ossos. São as cartilagens, por exemplo, que revestem as extremidades dos ossos e impedem que eles se choquem.

Caso elas estejam desgastadas, os ossos começam a se desgastar. Dores e inchaços são os principais sintomas desse desgaste. Para combater o problema, o colágeno ajuda a regenerar os tecidos.

Melhora a resistência dos músculos

Caso o colágeno esteja em baixa quantidade no corpo, os músculos ficam flácidos. Como consequência, há o aparecimento de estrias e celulites. Além disso, o envelhecimento tende a diminuir o fortalecimento dos músculos, mais um motivo para ingerir o suplemento.

Outra grande vantagem da suplementação da proteína é a recuperação do organismo após as atividades físicas.

Como estimular a produção da proteína?

Uma dieta equilibrada é a principal fonte de colágeno para o organismo. O consumo de proteína animal, como carne bovina, peixes, frango e ovos colaboram para a absorção. Outros alimentos importantes são leguminosas e folhas escuras, gelatina, frutas vermelhas, feijões e ostras.

Além desses alimentos, é importante não se esquecer da ingestão de fontes de vitamina C, como a laranja, que auxiliam na produção da proteína.

Para muitas pessoas, no entanto, essa reposição do colágeno por meio dos alimentos nem sempre é uma tarefa fácil. Uma opção é o colágeno hidrolisado, que é extraído da cartilagem do boi e passa por um processo que permite uma absorção melhor pelo corpo.

Isso não significa, porém, que você deve abrir mão da alimentação equilibrada e de uma dieta diversificada, mas sim que o colágeno pode ser absorvido melhor com a suplementação.

Quando tomar colágeno e qual a dose recomendada?

A suplementação pode ser encontrada em cápsulas ou em pó. A indicação dos especialistas é para indivíduos a partir dos 30 anos, mas isso varia conforme a genética e os hábitos de vida.

Embora a perda de colágeno comece a partir dos 30 anos, pessoas que fumam, que convivem diariamente com o estresse e com uma alimentação rica em gorduras têm mais chances de sofrer com a perda da proteína. A exposição por longos períodos ao sol também é vilã.

Para essas e para quem realiza atividades físicas, a suplementação é ideal. Você pode ingerir de 8 a 10 gramas da proteína por dia. E, caso tenha dificuldade em tomar o suplemento, uma ideia é misturá-lo com outras comidas, como o colágeno em pó com um suco.

Onde encontrar colágeno hidrolisado?

Acesse a loja da Bodyaction e confira onde encontrar colágeno hidrolisado com o melhor preço do mercado!

Acesse o nosso blog diariamente para ficar por dentro de assuntos como saúde, qualidade de vida, esportes e suplementos.

Avatar

O seu endereço de e-mail não será publicado.