Saúde e Bem Estar

Antioxidantes – O que são, como funcionam e qual o papel em nosso corpo3 min read

jan 7, 2022 2 min

Antioxidantes – O que são, como funcionam e qual o papel em nosso corpo3 min read

Reading Time: 2 minutes

Os antioxidantes têm um papel fundamental no que diz respeito aos treinos de musculação. Mas, afinal, qual a importância dessa substância para quem mantém uma rotina rigorosa na academia? Conheça agora e implemente já esse ingrediente na sua alimentação diária.

O conceito dos antioxidantes

Os radicais livres são moléculas instáveis e muito reativas que tendem a roubar elétrons das outras, fazendo a chamada oxidação. Esse processo resulta na formação de mais radicais livres e, sem um antioxidante para interromper essa reação em cadeia, pode continuar até o ponto em que todas as moléculas serão oxidadas.

O problema é que a oxidação pode causar morte celular, o que leva a muitas doenças e a uma redução grave no desempenho do exercício. Por isso, os antioxidantes entram na rotina com a função de mitigar os danos celulares, acelerar o processo de recuperação dos músculos e fornecer outros efeitos benéficos para a saúde em geral.

Além disso, há pesquisas que apontam que os antioxidantes podem ser uma maneira natural de retardar o processo de envelhecimento, o que é vantajoso em inúmeras formas para a anatomia. Especialmente para aqueles que querem se manter ativos em seus treinos, sem diminuir sua atuação.

O funcionamento durante os exercícios

Os radicais livres são produzidos pelo corpo no dia a dia. No entanto, essa produção aumenta drasticamente durante os exercícios, devido ao enorme consumo de oxigênio que o indivíduo demanda.

Isso pode desencadear uma sobrecarga de radicais livres que o organismo não é capaz de lidar, causando estresse oxidativo e danos às células, além de fazer com que os praticantes tenham maiores exigências de vitaminas e minerais, em razão do gasto de energia e dos danos musculares que ocorrem no treinamento.

Por isso, se não houver uma ação que interrompa esse processo, os radicais livres podem deixar o corpo vulnerável ao envelhecimento avançado, às doenças cardiovasculares e às doenças degenerativas, como a artrite.

Sendo assim, realizar uma suplementação com antioxidantes pode impedir esses malefícios e até reduzir os impactos.

O papel do antioxidante

Apesar de seus benefícios, o exercício é um dos principais contribuintes para o acúmulo de radicais livres. Felizmente, as atividades físicas também induzem à produção de algumas enzimas que os combatem.

Com a suplementação, os praticantes de musculação podem manter esses radicais em baixos níveis, mesmo com rotinas de treinos vigorosas.

Levando isso em consideração, certas vitaminas, minerais e suplementos podem fornecer proteção contra os efeitos prejudiciais causados. Além de acelerar a recuperação após os treinos e garantir que o desempenho se manterá igual, sem que o indivíduo sofra qualquer consequência negativa.

Ademais, existem evidências consideráveis que sugerem que os suplementos antioxidantes são benéficos para atletas e fisiculturistas.

Em estudos realizados por Fischer e Vassilakopoulos, verificou-se que, ao fornecer um coquetel de antioxidantes, o indivíduo experimentou quantidades reduzidas de inflamação e marcadores de estresse oxidativo, em comparação com aqueles que receberam um placebo.

Acesse o nosso blog diariamente para ficar por dentro de assuntos como saúde, qualidade de vida, esportes e suplementos.

Avatar

O seu endereço de e-mail não será publicado.